Robotic Process Automation: máxima eficiência dos processos operacionais

Eficiência, velocidade e segurança de execução dos processos operacionais permitem uma poupança sobre os custos e mais tempo e recursos para o core business.

Há anos Engineering acompanha os próprios clientes com competências verticais na análise e optimização dos processos operacionais. A evolução da inteligência artificial e dos robôs oferece hoje a possibilidade de automatizar procedimentos e inteiros processos criando eficiência de um lado e liberndo recursos que habilitam a transformação digital do outro.

Engineering D.HUB oferece uma abordagem industrializada aos projetos de automação robótica e uma plataforma tecnológica que permite  apoiar a automação assistida (attended) bem como a não assistida (unattended).   

Com uma equipe de Robotic Architect e Peritos de Processo, Engineering D.HUB constitui em 2016 uma practice dedicada à automação robótica dos processos investindo em recursos, formação, laboratórios de pesquisa e certificados sobre produtos líderes de mercado, tais como NICE da qual é parceiro de referência a nível Europeu e revendedor.

A solução desenvolvida por Engineering permite fornecer um suporte automático aos operadores e uma completa automação e robotização dos processos de back-office.

Os benefícios tangíveis da solução de Robotic Process Automation de Engineering D.HUB podem ver-se na:

  • produtividade e redução dos custos operacionais: cada robô pode realizar as mesmas mansões de um operador mas sem vínculos de tempo e horários de trabalho. Os robôs não fazem pausas e, diferentemente dos humanos, quando terminam a tarefa que lhe foi atribuída podem ajudar outros robôs em tarefas diferentes. A produtividade de um robô em relação a um humano pode alcançar ou superar a relação 1 a 10 e isto, unido ao custo da licença que é uma fração de um salário, permite obter uma poupança imediata e tangível na organização.
  • velocidade e fiabilidade de execução: os robôs podem efetuar as transações operacionais passando de um sistema para outro, de uma aplicação para outra, navegando entre diversas telas, lançando processos, lendo, verificando, modificando, inserindo dados na base de regras preestabelecidas e fazendo qualquer tipo de ação que pode ser efetuada por um operador sem variabilidade nos tempos de execução e com fiabilidade garantida. Os tempos de execução tornam-se portanto aqueles mínimos permitidos pelo sistema, as ineficiências eliminadas e a probabilidade de erro humano igual a zero.
  • refocar os recursos no core business: o tempo poupado por um operador de back-office com o auxílio de um robô pode ser utilizado nas atividades de core business da empresa. A robótica cria uma nova força trabalho digital que ajuda aquela humana livrando-a de atividades onerosas e de pouco valor acrescentado.
ITENS RELACIONADOS