O potencial das Realidades Aumentada e Virtual para a indústria automotiva.

O potencial das Realidades Aumentada e Virtual para a indústria automotiva.

Julho de 2020 – Na indústria automotiva moderna, a disponibilização de informações em tempo real para a produção e a gestão é essencial na melhoria de resultados e do desenvolvimento dos negócios. A Realidade Aumentada (RA) e a Realidade Virtual (RV) são soluções que trazem eficiência e dinamismo a processos manuais ou de análise. A inovação, que é um avanço neste setor, pode ter seu uso extrapolado quando pensamos nos momentos que vivemos com a pandemia, fechando todas as fábricas, e agora na retomada, que exige um distanciamento seguro.

A Realidade Aumentada é uma tecnologia que permite a sobreposição do mundo virtual, gerado pelo computador, com o mundo real, usando dispositivos como óculos, tablets e smartphones, possibilitando a visualização e a interação às informações de forma rápida e natural.

Neste aspecto, toda uma operação pode ser controlada à distância, pois a movimentação industrial é acompanhada em tempo real, assim como a produção e a interação dos usuários usando RV e RA. O retorno pode ser surpreendente, mostrando uma deficiência na qual o uso da RA pode substituir o monitoramento direto no campo pela virtualização das plantas. Ou seja, as indústrias evitariam seu fechamento total, como ocorreu no auge da pandemia.

Quando combinamos a Realidade Aumentada com tecnologias de Business Intelligence, Machine Learning e Internet das Coisas (IoT), conseguimos disponibilizar informações importantes e análises colaborativas em tempo real entre os mundos virtual e o real.

As aplicações de RA têm uma amplitude enorme. É possível analisar modelos CAD em tempo real de forma interativa e compartilhada, substituir fichas de papel e os monitores, visualizar em tempo real os equipamentos funcionando e até detectar a necessidade de reparo dessas máquinas.

A modalidade hands-free é um dos pontos positivos e traz o aumento de produtividade e a redução de custos. Já os entraves dessa inovação estão na durabilidade das baterias e no aquecimento dos equipamentos de RA pelo seu uso prolongado. Porém, já houve melhorias nos últimos anos e esta evolução tecnológica conta com o apoio de gigantes da tecnologia como Microsoft e Apple para acelerar o desenvolvimento.

Assim como os smartphones substituíram câmeras fotográficas, agendas, calendários e telefones, a Realidade Aumentada tem o potencial de, no futuro, substituir TVs, computadores, monitores e smartphones com o uso de óculos especiais, tornando, cada vez mais, os mundos virtual e real um ambiente único de visualização e interação.

Para as indústrias, o uso da tecnologia de RA irá impactar de forma positiva na implementação de processos mais dinâmicos e colaborativos, cujas informações e interações serão diferenciais para o crescimento e a conquista de mercado.

Artigo escrito por Wanderson Magalhães, gerente de contas automotivas da Engineering, companhia global de Tecnologia da Informação e consultoria especializada em Transformação Digital.

Veículo Portal Falando de Varejo.com: https://bit.ly/ra_rv

Compartilhe:

VOLTAR