img

Como unir as forças de APIs e Inteligência Artificial para maximizar lucros nos negócios em 2024

O primeiro passo para uma sinergia bem-sucedida entre IAs e APIs envolve a coleta de dados de uma ampla gama de fontes

Em um mercado cada vez mais competitivo e dinâmico, a transformação digital tornou-se uma demanda mundial. Neste cenário, a Inteligência Artificial (IA) passou a estar na linha de frente de formatos que aceleram a digitalização de processos e promovem a criação de soluções inovadoras, sendo hoje um dos maiores focos de investimento de quase todos os setores.

No entanto, é preciso pensar: como efetivamente usar essa tecnologia para maximizar lucros?

Antes de mais nada, devemos entender que, para desbloquear todo o seu potencial, a IA precisa ser integrada às Interfaces de Programação de Aplicações (APIs). Isso porque esses softwares disponibilizam os dados que serão utilizados para praticamente qualquer função.

Ou seja, aplicar a IA de modo a otimizar ganhos financeiros depende dessa união tecnologicamente avançada, já que é a forma ideal de melhorar a eficiência operacional nas organizações e abrir portas para produtos e serviços disruptivos. É uma junção que, se realizada estrategicamente, tem o poder de impactar todas as cadeias de um grupo empresarial.

Coleta e análise de dados como ponto de partida

O primeiro passo para uma sinergia bem-sucedida entre IAs e APIs envolve a coleta de dados de uma ampla gama de fontes, como plataformas de Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM), Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (ERP), websites, aplicativos e Internet das coisas (IoT). A riqueza e a diversidade dessas informações são fundamentais para treinar os modelos de Machine Learning de uma companhia, uma vez que se transformam em insights preditivos e acionáveis.

Com isso, as empresas obtêm uma imensidão de vantagens. É possível, por exemplo, personalizar suas ofertas para o público-alvo de acordo com padrões de comportamento e tendências. Ou, se pretendem focar no desenvolvimento das equipes, há como gerar feedbacks individualizados e detalhados, garantindo a capacitação contínua dos colaboradores e uma eventual redução do churn

Inclusive, utilizar esses dados para a melhoria dos recursos tecnológicos também é um movimento inteligente. É o caso de companhias que medem o uso e o Retorno Sobre Investimento (ROI) das APIs e ferramentas de IA com analytics, não apenas otimizando suas performances, mas também identificando oportunidades de ajustes assertivos. 

Automatização de processos

Uma projeção da Gartner revela que mais de 80% das empresas adotarão APIs de IAs Generativas, como o ChatGPT, até 2026. O motivo é simples: essa combinação aprimora funções e soluções.

Olhemos para as empresas que vêm automatizando as interações com clientes. Muitas delas desenvolvem uma API de inferência que permite aos aplicativos acessar modelos de IA em tempo real, fazendo com que os consumidores recebam recomendações customizadas segundo as suas preferências. Assim, as experiências dos usuários são aperfeiçoadas de modo instantâneo, seguindo os movimentos do mercado.

Isso sem falar nos benefícios gerados com a redução de custos de suporte e processos internos. Os times de marketing e vendas alcançam o público-alvo sem a necessidade de recorrer a ferramentas mecânicas, que só trazem um acúmulo de horas mal-utilizadas no período de trabalho e gastos desnecessários.

Monetização e potencialização do valor da tecnologia

Por fim, não há como não citar a chance de criar novas fontes de receita com a monetização da IA. Ao disponibilizar APIs inteligentes para parceiros e desenvolvedores, as empresas podem adicionar essas ferramentas aos seus próprios dispositivos digitais, construindo um modelo de precificação único e valioso para o portfólio. 

Se pararmos para refletir, também é uma saída para reforçar a transparência junto aos clientes, ressaltando a quantia real do que estão pagando. Logo, a relação entre todos entre os fornecedores e usuários das ferramentas em questão se torna mais justa e sustentável.

Portanto, diante desses caminhos, é certo dizer que a integração entre IAs e APIs é uma via excelente para as empresas não só buscarem o aumento dos ganhos financeiros, mas tomarem as rédeas do mercado. Desenvolver e implementar estratégias com esse viés é um convite para que elas se adequem ao novo padrão de inovação e sucesso do futuro digital.

*Por Fábio Braz, CRO da Engineering Brasil.

Publicação original: Crypto ID

scroll top