Grupo Eletrobras finaliza a implementação do ERP da SAP em suas dez empresas com a Engineering.

Grupo Eletrobras finaliza a implementação do ERP da SAP em suas dez empresas com a Engineering.

Desafios:

Maior holding de energia elétrica da América Latina, o Grupo Eletrobras, precisava unificar seu sistema de gestão com a implementação do ERP (do inglês, Enterprise Resource Planning) da SAP. Desta maneira, gerando economia anual com a redução de licenças de softwares, obtendo uma visão única do negócio, resultando em melhorias na operação e ganhos em eficiência.

Solução:

O projeto, denominado ProERP, foi executado pela Engineering Brasil, companhia global de tecnologia da informação e consultoria especializada em transformação digital que executou a implementação em 31 meses, tendo a conclusão da última fase ocorrido em janeiro de 2020. Ao todo, atuaram no projeto cerca de mil profissionais entre companhia de TI e empresas do Grupo Eletrobras, entre elas Eletrobras, Furnas, Eletronorte, Eletronuclear e CGTEE, que utilizaram seus processos como base para a construção do sistema ERP único e padronizado do Grupo Eletrobras, pois já utilizavam a tecnologia SAP, e Chesf, CGT Eletrosul, Amazonas GT, Cepel e Eletropar, que migraram seus sistemas para o ERP alemão.

Atualmente, a companhia de TI está apoiando o grupo no desenvolvimento de melhorias e subprojetos e, também, no fornecimento de serviços de operação assistida (AMS, do inglês Application Management Services). Esse último é operado num regime de atendimento de 72 horas semanais. Entre abril de 2018 e outubro de 2020, já foram atendidos satisfatoriamente mais de 21 mil chamados de suporte, da instalação que possui cerca de 17 mil usuários que utilizam os módulos e tecnologias implementadas.

“Nossos objetivos eram otimizar a utilização e alocação de recursos internos, coordenar as políticas e as práticas do Grupo Eletrobras, além de padronizar os processos de suporte das empresas da holding, o que, consequentemente, aumentou a transparência e a visibilidade dos processos em função da disponibilização das informações sobre a evolução dos negócios”, explica Martim Tuma, diretor de operações SAP da Engineering Brasil.

As empresas são responsáveis por 30% da capacidade nacional de geração de energia e por 45% do total de linhas de transmissão de alta tensão, o que significa 71 mil quilômetros de linhas – quase uma volta e meia ao redor do planeta Terra, e equivale a cerca de 1,5 milhão itens de ativos, que, com o ProERP, são gerenciados num sistema único.

Resultados:

A unificação trouxe maior agilidade nas tomadas de decisão, melhoria da eficiência operacional, o que passou a garantir a confiabilidade do registro das informações, dos processos de negócio das empresas e dos trâmites com os órgãos e as agências reguladoras.

Ainda nesse âmbito, há as padronizações das manutenções preventivas e corretivas com a obtenção da visão da gestão de ativos, trazendo eficiência operacional e uma correta alocação dos custos de todo o grupo. Além disso, os ganhos obtidos com o controle do processo de manutenção elevaram a aderência às normas, manuais e regulamentos da Aneel (Agência nacional de Energia Elétrica).

Já em relação aos recursos humanos, com a adoção do SAP HCM (Human Capital Management) foi possível obter uma gestão mais eficiente deste macroprocesso, o que envolve a folha de pagamento, avaliação de desempenho, gestão de conhecimento, entre outros benefícios.

“A entrega da atualização e migração dos sistemas de gestão das dez empresas do Grupo Eletrobras é uma referência mundial, já que é um dos maiores projetos dos últimos anos na América Latina. As reduções de custos e os ganhos de eficiência operacional puderam ser confirmados com a finalização do projeto, o que reforça o domínio e a experiência da Engineering tanto na implementação do SAP quanto no mercado de energia, que foi a combinação para alcançar este novo cenário na holding”, finaliza Filippo Di Cesare, CEO da Engineering Latam.

Veículo Portal Canal Energia: https://bit.ly/case_eletrobras

Sobre o Grupo Eletrobras

Líderes em geração e transmissão de energia elétrica no país e contribuem para que a matriz energética brasileira seja uma das mais limpas e renováveis do mundo. Também atuam nos segmentos de comercialização e eficiência energética, além de programas como o Procel, o Programa Luz para Todos e o Proinfa.​​

Maior companhia do setor elétric​o da América Latina, uma empresa de capital aberto, que tem como acionista majoritário o governo federal. Adotam estratégias voltadas para governança e conformidade, excelência operacional, disciplina financeira, atuação sustentável e valorização das pessoas e, por meio de nossas empresas e de nosso centro de pesquisas, estamos presentes em todas as regiões do Brasil.​​​

​Eletrobras em números
  • Maior empresa de geração de energia elétrica brasileira, com capacidade geradora equivalente a cerca de 1/3 do total da capacidade instalada do país.
  • Mais de 90% da nossa capacidade instalada vem de fontes com baixa emissão de gases de efeito estufa.
  • Empresa líder em transmissão de energia elétrica no Brasil, com aproximadamente metade do total de linhas de transmissão do país em sua rede básica, em alta e extra-alta tensão.
  • ​Investimentos previstos de R$ 19,756 bilhões​ entre 2018 e 2022​.​​ ​​

Sobre a Engineering Brasil

Companhia global de Tecnologia da Informação e consultoria especializada em Transformação Digital com mais de 40 anos de atuação. Com presença na Europa, América do Norte e América Latina, contribui para a modernização do mundo, combinando tecnologias de última geração, infraestruturas tecnológicas organizadas em um único multicloud para ampliar e interpretar novos modelos de negócios. Os projetos desenvolvidos pela empresa transformam-se numa melhor relação entre custo, agilidade e inovação para os clientes. Com mais de 12 mil profissionais e projetos em mais de mil clientes de grande porte nos mais diversos segmentos de mercados, a experiência do Grupo aprimora-se ainda mais pelo investimento contínuo em Pesquisa e Desenvolvimento, contando com mais de 250 pesquisadores, além de parcerias com os principais centros de pesquisa e universidades do mundo.

 

Compartilhe:

VOLTAR